sábado, 3 de abril de 2010

Novos tempos

Já não pareces a menina da Barbie.
Olhando para ti agora, noto que temos trilhado caminhos por vezes divergentes, quantas das vezes, por não te compreender.
Gostei que relembrássemos tempos antigos e que vivêssemos tempos novos.
Adorei andar contigo.

Sem comentários:

Enviar um comentário