sábado, 1 de maio de 2010

O ninho


Vão longe os tempos em que, miúdos, corríamos os olivais à procura de ninhos. Os passaritos acabavam por morrer na gaiola e no ano seguinte lá voltávamos ao mesmo.
Espero que estes pequenos melros fiquem por ali, pertinho do lago, no sítio onde nasceram.

Sem comentários:

Publicar um comentário