sexta-feira, 20 de agosto de 2010

Vamos a ver

A vida é mesmo isso. Um vamos a ver. Que os destinos estão traçados, não são é conhecidos de nós, simples humanos.
Quantas das vezes os pobres barquitos saíram para o mar, cheios de esperança. E quantas das vezes, não ficaram, chorando na praia, as mulheres viúvas e os filhos órfãos?
«Vamos a ver» é o nome do barco mas, também, o dos dias que se seguem, nestes tempos difíceis.

Sem comentários:

Publicar um comentário